Diversidade Primeiras Leituras Temas delicados

Os cinco esquisitos: trabalhando a diferença

 

Esse é um dos meus livros favoritos!

Já dissemos aqui: livro infantil também é obra de arte! E a nossa indicação de hoje é, além de uma bonita história, um alimento para os olhos!

Os cinco esquisitos é sobre cinco amigos, que se achavam um pouco diferentes dos outros. Um era furado, outro era todo dobrado, o terceiro todo mole, o quarto vivia de cabeça para baixo, e o último… “era errado da cabeça aos pés.”

Um dia, chega à cidade o Senhor Perfeito que começa a criticar a estranheza de todos eles.Confrontados com isso, eles começam a perceber que suas esquisitices não eram defeitos e sim  diferenças; e tinham lá sua serventia.

“Pois é, disse dobrado, eu guardo todas as minhas lembranças aqui, nas minhas dobras.” 

“Opa! disse o de ponta-cabeça, eu vejo coisas que os outros não veem.”

Quem nunca se sentiu diferente ou pior do que os outros? Quem nunca olhou para outra pessoa colocando-a num pedestal e se diminuindo?

Isso acontece muito com as crianças. Elas se comparam com os amigos, com os primos, os irmãos. É muito importante estar atento e perceber quando isso acontece para que ela não comece a minar sua autoestima.

E esse livro é ótimo para esse e outros momentos!

Além disso, cada página desse livro pode ser observada e admirada como um quadro em exposição.  As cores, as formas, as sombras e o traço da autora/ilustradora são magníficos. Dá vontade de enquadrar e colocar na parede!
Beatrice Alemagna é italiana da cidade de Bolinha. Ganhadora de vários prêmios na Europa.
Também publicou o livro “O que é uma criança?” utilizando a mesma técnica de colagem com desenho que podemos ver nos “Cinco Esquisitos”.

Os cinco esquisitos

Beatrice Alemagna
tradução: Carlo Alberto Dastoli
Editora Martins Fontes
Preço médio:  R$ 40,00

Sobre o autor

Isabella Zappa

Isabella Zappa

Pedagoga, psicopedagoga e mestre em Educação pela PUC-Rio. Atua como professora do Ensino Fundamental I e faz atendimento psicopedagógico de crianças com questões de leitura e escrita, usando a literatura infantil como aliada nesse processo.

Deixe um comentário