Leitor Autônomo Leitor Iniciante Para se divertir

Lendo Clássicos: Mary Poppins

Em meio à tantas notícias ruins, um futuro difícil pela frente, eu resolvi respirar um pouco através da Literatura. E que respiro!

Um guarda-chuva que nos leva ao sabor do vento. Isso era tudo que eu sabia da personagem criada por P.L Travers. Esse é um dos casos em que o personagem ultrapassa o conto e vira um ícone.. Você pode nunca ter lido a história original, mas sabe quem é Alice, Moby Diclk, Robson Cruzoé, Hércules, dentre outros persoangens. Esse é um dos motivos que transformam uma obra em um clássico. E como diz Italo Calvino, a leitura de um clássico é sempre uma releitura.

Fui, então, “reler” Mary Poppins arrastada pela deslumbrante edição recém-lançada pela Editora Zahar. O  livro veio acompanhado de um segundo volume (que já está na fila por aqui) A Volta de Mary Poppins.

 

E nessa releitura, aconteceu comigo duas das melhores coisas da Literatura. Eu mergulhei na fantasia e me identifiquei.

Quer conhecer outros clássicos do Na Corda Bamba? Clique aqui!

Texto original

Pra quem só conhece adaptação da Disney para o cinema, a babá do guarda-chuva não é nada doce como a noviça Julie Andrews. Pelo contrário, é sisuda, vaidosa e até meio carrancuda. Mas o que ela proporciona àquelas crianças é um outro tipo de carinho e amor.

Mary escancara as portas da imaginação e do mundo da fantasia, transportando as crianças a um universo onde tudo é possível. Com diversas camadas (como um bom clássico), a obra de Travers fala muito sobre a infância, o crescimento e o desaparecimento da fantasia e também sobre o restinho dela que pode ficar com a gente.

Fala também sobre os sentimentos das crianças como raiva, decepção, alegria e deslumbramento.  É fácil uma criança encontrar um espelho nessa história. Com toda sua seriedade Mary Poppins nos diverte e nos encanta, nos leva a flutuar com seu guarda-chuva e traz os adultos de volta à infância perdida. Meio fada meio governanta,  Mary é o adulto e a criança ao mesmo tempo. Pura Magia.

Um livro delicioso para ser compartilhado com os leitores iniciantes, daqueles para gente pegar à noite, na hora de dormir, um capítulo por dia embalando um sono delicioso passeando pelas estrelas.

Boa leitura e boas conversas!

Sobre o autor

Isabella Zappa

Isabella Zappa

Olá, eu sou Isabella, autora do Na Corda Bamba! Fiz minha graduação e mestrado em Educação na PUC-Rio e uma pós graduação em Psicopedagogia. Além de escritora e poeta, sou professora de Ensino Fundamental I . Meu grande objetivo é formar leitores e escritores! Por isso, livros, letras e poesia transbordam nas minhas aulas!

Deixe um comentário