Leitor Autônomo Livro ilustrado

Assim eu Vejo: Parceria Clube Quindim

 

Ver ou enxergar?

Os olhos são os órgãos responsáveis pela visão e muitos livros informativos já explicaram seu funcionamento. Mas ver vai muito além de enxergar, ainda mais nesse mundo, essencialmente visual de iphones, videogames e tablets.

“Assim eu vejo” é um livro escrito e ilustrado pelos ucranianos Romana Romanyshyn e Andriy Lesiv. Ele aborda da maneira mais ampla possível a nossa experiência de ver: os olhos, as câmeras, a visão dos animais, dos microscópios e telescópíos, as ilusões de ótica, a arte, a camuflagem, a cegueira e os problemas de visão, as lentes, o foco, as cores e os pictogramas. E não para por aí.  

Conheça outros livros enviados pelo Clube Quindim

Informação e diversão

Publicada pela Editora do Brasil, essa é uma obra completa, para ser lida e relida, para ver, rever e transver, para observar e refletir. O texto é ágil e entrecortado com as ilustrações, como em um almanaque. Não, não é um almanaque. Há também um texto poético na parte de baixo das páginas trilhando um caminho paralelo. Há o texto visual com milhares de nuances e coisas a serem descobertas. Sinais, subtextos e até diálogos fazem parte desse livro.

Livros informativos correm o grande risco de se tornarem enfadonhos. As crianças, por sua vez, vivem em um mundo rápido, no qual tudo muda na velocidade da luz e informações pipocam de todos os lados. A atenção delas é plural.

Pois os autores conseguiram transformar um mundo de informações em um livro que faz sentido do início ao fim. Que usa a velocidade a seu favor, mantendo o interesse dos mais dispersos e permitindo o aprofundamento.

Múltiplos textos

Não é livro para uma leitura linear, é para ser aberto diversas vezes, como aqueles quadros que a gente descobre algo novo a cada vez que olha. Mas é um quadro cheio de beleza e sensibilidade, porque há uma linha suave e melódica o conduzindo pelo caminho. É assim que eu vejo esse livro. Uma aquisição pra lá de necessária nas escolas e bibliotecas escolares.

Um livro que abre portas e janelas e deixa o vento entrar e balançar os cabelos.

Clube Quindim

É assim a curadoria do Quindim A gente sente o cuidado de porcelana nas escolhas dos livros. Já é a segunda vez que eu recebo deles um livro de autores fora do eixo EUA-Europa. E é tão interessante perceber como essas pessoas fazem literatura. É DIVERSIDADE.

Esse foi enviado para a categoria leitor fluente, que aqui a gente chamaria de leitor autônomo e experiente. Eu, agradecida, já aguardo a surpresa do próximo mês. E se você gamou nessa curadoria que nem eu, é só acessar os nossos destaques e descobrir o descontão que existe para os nossos seguidores. 

Sobre o autor

Isabella Zappa

Isabella Zappa

Olá, eu sou Isabella, autora do Na Corda Bamba! Fiz minha graduação e mestrado em Educação na PUC-Rio e uma pós graduação em Psicopedagogia. Além de escritora e poeta, sou professora de Ensino Fundamental I . Meu grande objetivo é formar leitores e escritores! Por isso, livros, letras e poesia transbordam nas minhas aulas!

Deixe um comentário