Animais Leitor Autônomo Leitor Experiente Leitor Iniciante Livro ilustrado Para se divertir Poesia Política Primeiras Leituras

12 Livros para o dia das crianças

Dia das Crianças

Você pode até querer fugir das datas comerciais, mas o Dia das Crianças é uma das mais alegres. Pra fugir do consumismo e do excesso de brinquedos, que tal aproveitar a data para incentivar a leitura?

Trouxe para vocês 12 dicas literárias que vão alegrar todo mundo nesse dia 12 de outubro. Tem livros leves e divertidos para todos os tipos de leitores. Se você não encontrar um que te agrade, continue pesquisando pelo site, as opções são muitas!

Nesse dia das crianças, dê um livro de presente!

12 Livros para o dia das crianças

1. Coisa de gente grande – Patricia Auerbach- Editora Sesi- SP

Planos, encontros, conquistas são coisas só dos adultos. Nesse livro cheio de poesia em palavras e imagens, Patricia Auerbach nos abraça com uma visão encantadora da infância. As imagens, delicadamente traçadas em giz e grafite, trazem grandes momentos e elementos da vida das crianças que, nós adultos, muitas vezes tomamos por desimportantes: os brinquedos, a mochila, os esconderijos, os aniversários. as fantasias, e pra mostrar a dimensão de tudo isso pra eles (e pra gente), a autora contrasta os desenhos com as palavras do mundo adulto. Veja só:

Um livro enternecedor que desequilibra a gente e nos mostra o quanto a infância é importante pra quem está ou já passou por ela. Um livro que não podia faltar nesse dia da infância.

Compre aqui: 

SESI-SP Editora

2. Mortina – Barbara Cantini – Editora Companhia das Letras

Mortina era uma menina diferente das outras. Com a pele cinza esverdeada, olhos redondos, enormes olheiras, ela tinha um talento excepcional: era capaz de arrancar e costurar de volta qualquer parte do seu corpo. Quase como uma boneca. Mas Mortina não era uma boneca, era uma menina zumbi que sonhava em poder brincar com as outras crianças.

Clique aqui para ler a resenha completa

 

3. Peter Pan – James M. Barrie –  Editora  Zahar

Não poderia faltar um clássico nessa lista. Uma obra que transborda aventura e emoção. Um livro pra ler junto com os pequenos ou com os grandes porque toca em questões essenciais da infância. Uma excelente leitura compartilhada que toca adultos e crianças. Se você só conhece o Peter do desenho da Disney, vai se surpreender.

Clique aqui para ler a resenha completa. 

4. O muro no meio do livro  – Jon Agee – Editora Zahar

No meio desse livro tem um muro. E ele divide os dois cenários dessa história pra lá de irônica. De um lado, o personagem narrador, tranquilo e seguro de que seu lado é o melhor (quem nunca?). Do outro, animais assustadores. Será?

O personagem do lado de cá não conhece bem o que há do lado de lá, mas tem suas impressões. Como todos nós. O problema é quando as impressões viram certezas e nos aprisionam do lado de cá do muro, nos impedido de passar pro lado de lá ou pior, impedindo que o lado de lá transite para onde quiser.

Clique aqui para ler a resenha completa

5. Poupou – Paula Taitelbaum -Editora Piu

Poupou é um livro que mistura poesia e ecologia. A sonoridade (super importante para os bebês) já começa no título. Através dos animais e seus sons, a autora nos leva a refletir sobre como usamos os recursos que estão na natureza.

“PIU PIU canta o passarinho ao tomar banho no jardim. Ele diz “se eu poupar água fresca minha piscina não terá fim.” Ou seja, não é só um livro para ensinar os sons dos animais.

Leia  a resenha completa

6. Monstros  – Alice Hoogstad   Editora Amelí

Monstros são o terror das crianças menores, não é? Pois esses aqui vão mudar um pouco essa ideia. Um livro que pula das páginas pra fora e agita ao nosso-dia-a-dia, por vezes tão monocromático.
Assim é Monstros, obra da holandesa Alice Hoogstad publicado no Brasil pela Amelí Editora.

As primeiras páginas nos mostram uma cidade toda em preto e branco, todo dia sempre igual. No canto direito, uma menina sapeca com giz vermelho na mão desenha um coração, observada por seu cão. 😉

A linha vermelha percorre a rua e o coração ganha movimento na boca do cão, que sai correndo em disparada.

Clique aqui para ler a resenha completa

7. Minha dança tem história – Bell Hooks – Editora Boitatá

Esse é o segundo livro infantil da ativista social, escritora e educadora publicado pela Boitatá. Se em “meu crespo é de rainha” ela abordou a questão da meninas negras e seus cabelos; nessa obra, os protagonistas são os meninos, suas danças e raps.

Os bibóis, como são chamados, fazem batalhas de breaks e rimas, dançam, pulam e, assim como eles, o livro de Bell, ilustrado por Chris Raschka é cheio de cor e movimento. As palavras rodopiam na nossa língua enquanto o menino não para quieto entre as páginas.

“Bibói bomba (…) Bibói do barulho, pronto pra quebrar, pra brilhar e brincar. Bibói bom de batida.”

8. Madeleine Finn e Bonnie – Lisa Papp – Editora Salamandra

Madeline estava aprendendo a ler, mas ainda não conseguia decifrar todas as palavras. Principalmente quando a professora lhe pedia que ela lesse alto para a turma toda. As crianças que obtinham sucesso ganhavam uma estrelinha, Madeline ganhava apenas um coração que dizia “continue tentando”. A hora da leitura era uma tortura para a menina, que ouvia risadas e brincadeiras dos colegas. Uma cena bem comum em sala de aula, não é? Por conta disso, Madeline detestava ler.

A Editora Salamandra lançou recentemente a continuação do livro, a aventura de Madeleine em um abrigo de animais. Ternura em estado puríssimo!

Leia a resenha completa

9. O vestido de Jamela – Niki Daly – SM Editora

Jamela é uma menina alegre e sapeca. Sua mãe tinha um casamento,  foi com ela à uma loja e escolheu um belo tecido, colorido e estampado. Com ele iria costurar um elegante vestido. Lavou e colocou para secar no varal ao sabor do vento. Jamela estava encantada com tantas cores. O tecido sorria pra Jamela e ela sorria de volta. A menina garantiu à mãe que ia tomar conta dele para que Táxi, seu cachorrinho, não o sujasse. Jamela se enrolou nas estampas floridas como quem sai do banho, sentiu seu frescor… e quando percebeu já estava no meio da rua de manto e salto alto pela cidade.

Leia a resenha completa 

10. A Fantástica Fábrica de Chocolates – Roald Dahl – Editora Martins Fontes

A famosa história de Charlie Bucket, Willy Wonka e os Oompa Loompas não podia ficar de fora dessa lista. Com duas adaptações para o cinema, o livro de Roal Dahl já é um clássico da literatura infantojunvenil. Nessa narrativa, cinco crianças correm em busca de cupons dourados que os levarão à uma visita inesquecível à Fantástica Fábrica comandada pelo excêntrico Willy Wonka.

Leia a resenha que fizemos sobre os livros de Roald Dahl!

Compre aqui 

11. Passsa lá em casa – Lalau e Laurabeatriz – Editora VR

A dupla de artistas Lalau e Laurabeatriz está completando 25 anos de carreira. Algumas obras deles já passaram por aqui nas nossas seleções de livros de poesia e o livro de hoje faz parte das comemorações os dois. 

Dois pontos me saltam aos olhos nas obras de Lalau e Laurabeatriz: o primeiro é interlocução entre texto poético e informativo. Sempre há um poema sobre um animal (eles gostam muito desse universo) e embaixo do poema, uma informação sobre ele. Há também um livro só sobre o coração que mistura ciência e emoção. O segundo ponto é a ilustração. Os desenhos são cheios de afeto e, quem gosta de bichos como eu, vai se encher de ternura pelas imagens.

 

Em Passa Lá em casa o foco é no habitat dos animais: os ninhos do quero-quero, sabiá, tuiuiú, beija-flor. A casa do joão-de-barro, a teia da aranha. a morada subterrânea do tatu. O carinho e o bom humor estão presentes nos poemas bem do tamanho de criança pequena. 

Mas o melhor desse livro, que é, ao mesmo tempo chaminé e a base da casa, é o projeto gráfico. A capa dura dá um ar de casa forte, a abertura 180 graus das páginas permite ao leitor desfrutar das lindas ilustrações sem cortes ou interrupções. Elas vão de uma página a outra como um prolongamento. E essa casa é grande! O livro tem um tamanho ideal pra exploração de texto e imagen. Quem é que não gosta de ter espaço?

12. Urso e Barco – Cliff Write Editora Jujuba

Urso e barco é um livro para bebês recém lançado pela Editora Jujuba, na coleção Literatura de Colo. Se o texto retrata apenas os números de objetos que a gente vê nas imagens, é nas imagens que a gente segue e cria a nossa narrativa. É só observar com calma as ilustrações e vai ver uma história divertida sendo contada: o urso sai em seu barco que vai flutuando pelo rio. No caminho vê duas borboletas, três moitas, quatro frutinhas… mas para onde está indo esse barco? Os outros animais se juntam para ajudar o urso e terminam os 10 amigos dentro do barco.

Com um projeto gráfico bem adequado para os bebês (tamanho pequeno, folhas grossas e capa dura) e desenhos cheios de ternura, essa é uma super opção para os primeiros leitores!

 

Boa leitura, boas conversas e feliz dia das crianças!

Sobre o autor

Isabella Zappa

Isabella Zappa

Olá, eu sou Bella, criadora do Na Corda Bamba! Sou pedagoga, psicopedagoga e mestre em Educação. Atualmente trabalho como professora de Ensino Fundamental I aqui no Rio de Janeiro.
Sou uma viajante literária e geográfica, adoro comida italiana, cheiro de mato e o canto dos passarinhos.

Deixe um comentário